The Good & Old Rock'n'roll

The Good & Old Rock'n'roll
Traduções de músicas & textos sobre o rock'n'roll e sua história.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

HEARTBREAK HOTEL - ELVIS PRESLEY ( TRADUÇÃO)

Capa do Single Heartbreak Hotel

Dizem que quando Lennon foi informado da morte de Elvis teria dito, com acidez lacônica: "Pra mim, ele morreu quando foi para o Exército". Endossava, assim, a opinião corrente, principalmente entre críticos, que o Elvis relevante para a história do rock só existiu até o fim da década de 1950. O suficiente para ostentar, até hoje, a coroa de Rei do Rock.

Se houve uma coroação, foi no lançamento da música Heartbreak Hotel, em janeiro de 1956. Ali, a rusticidade e o ímpeto interiorano das Sun Sessions receberam o verniz da universalidade, pavimentando o caminho para a conquista mundial. Numa análise fria, a música apresenta os mesmos elementos minimalistas característicos das gravações feitas na Sun Records, porém soa diferente aos ouvidos. A partir dali, era impossível voltar atrás, sob risco de se tornar objeto de museu como muitos dos roqueiros contemporâneos de Elvis, dez anos depois, de fato, já haviam se tornado. E eram ciceroneados por ninguém menos que John Lennon.

Heartbreak Hotel, no entanto, assim como a anterior Blue Moon, paira atemporal em nossos ouvidos, com a singela diferença que a primeira tornou-se um number one hit, enquanto a segunda  é quase um objeto esotérico de culto. Ambas carregam latentes a possibilidade do blues como lamento universal. A possibilidade passará a ser realidade com a geração de roqueiros britânicos na década seguinte.

"HOTEL  DESILUSÃO"

Quando meu bem me deixou
Encontrei um novo lugar para viver
É só descer ao fim da rua Solidão
No Hotel Desilusão
Você me deixou tão só
Estou tão só
Estou tão só que posso morrer

Apesar de lotado
Você pode encontrar um quarto
Aqui onde os amantes desiludidos 
Vêm chorar suas mágoas
Você me deixou tão só
Estou tão só
Estou tão só que posso morrer

As lágrimas do mensageiro continuam caindo
E a mesa do recepcionista está de luto
Estão a tanto tempo na rua Solidão
Que já nem se lembram mais
Você me deixou tão só
Estou tão só
Estou tão só que posso morrer

Se sua garota te deixar
E você tiver uma história pra contar
É só descer  ao fim da rua Solidão
Até o Hotel Desilusão
Você vive tão só
Você está tão
Você vive tão só que pode morrer.







Nenhum comentário:

Postar um comentário