The Good & Old Rock'n'roll

The Good & Old Rock'n'roll
Traduções de músicas & textos sobre o rock'n'roll e sua história.

quinta-feira, 5 de março de 2015

MR. MOJO RISIN'

Jim Morrison -- Mr. Mojo Risin'

A música L.A. Woman, gravada pela banda The Doors no álbum homônimo de 1971 apresenta, na parte em que o ritmo desacelera e Jim Morrison canta os versos "Mr. Mojo Risin'/Just keep on risin'/C'mon risin', risin'", um caso clássico dos dilemas que marcam qualquer tradução que se pretenda literal, sem recorrer a notas explicativas.

A título de ilustração, os versos acima citados já foram traduzidos para o português, aqui no Brasil, de maneiras as mais bizarras possíveis. Mr. Mojo Risin' já apareceu como Sr. Mil Drogas numa revista ou como Sr. Doidão nas legendas de um DVD, por exemplo.

Mr. Mojo Risin' é, na verdade, um anagrama utilizado por Jim Morrison. Anagrama é quando alguém usa as letras do próprio nome para criar um outro nome. O exemplo mais clássico é o do filósofo iluminista Voltaire, cujo nome é o anagrama de Arouet, seu nome de batismo. Abaixo, a forma como Jim Morrison montou o anagrama:

J
I
M
*
M
O
R
R
I
S
O
N
1
2
3
*
4
5
6
7
8
9
10
11

M
R.
*
M
O
J
O
*
R
I
S
I
N’
3
6
*
4
5
1
10
*
7
2
9
8
11


Porém, diferente do caso de Voltaire, onde, a partir das letras, um novo nome é criado, o anagrama criado por Jim Morrison possui um significado em consideração à cultura negra norte-americana à qual, através do blues, o rock está ligado. A palavra mojo, na referida cultura, é utilizada para se referir a uma espécie de amuleto de sorte, objeto que confere proteção e ajuda o portador na conquista de seus objetivos, geralmente sexuais. Na cultura negra brasileira, a palavra mais ou menos semelhante seria patuá

Além de amuleto de sorte, nas letras dos velhos blues, a palavra também é usada como gíria para o órgão sexual masculino, como por exemplo na música Keep My Mojo Workin' gravada por Muddy Waters.

Jim Morrison foi um grande apreciador do blues e, ao adotar o referido anagrama, além de homenagear a cultura do estilo, foi de uma sagacidade e felicidade poéticas, já que alude e brinca com a condição de sex symbol vivida por ele.

Apesar de remeter àqueles trocadilhos infames, tipo Paula Tejando, Mr. Mojo Risin' seria algo como Sr. Pau Levantando o que, convenhamos, sem notas explicativas, além de soar bizarro, remete a um humor de 5ª categoria. 

Em tempo, no início da década de 1990, a finada revista Bizz, numa edição especial com letras do The Doors, trazia L.A. Woman traduzida e notas explicativas com tudo apontado acima, nos mínimos detalhes.



                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário