The Good & Old Rock'n'roll

The Good & Old Rock'n'roll
Traduções de músicas & textos sobre o rock'n'roll e sua história.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

CÁSSIA ELLER: REGISTRO CASEIRO DA CANTORA EM SEUS PRIMÓRDIOS

É lançado, pela gravadora Coqueiro Verde, um conjunto de gravações caseiras de Cássia Eller, realizadas na cidade de Brasília, no final do ano de 1983, bem antes do início de sua trajetória discográfica.


Antes de, em 1990, gravar seu primeiro álbum, a cantora Cássia Eller já era dona de toda uma trajetória artística. Apesar disso, seus dois primeiros álbuns são uma espécie de busca do seu legítimo lugar na música nacional, definido no disco Cássia Eller, lançado em 1994. Aí se tem a sua marca registrada: uma intérprete transitando entre o Rock e a MPB, porém, sempre com uma pegada rockeira sobressaindo em suas interpretações. 

O Espírito Do Som Vol. 1 Segredo - Cássia Eller Em Brasília é uma espécie de rascunho da Cássia Eller conhecida. São gravações caseiras realizadas em Brasília, bem antes do início de sua trajetória discográfica oficial e, assim, tem um apelo muito grande para os fãs que gostam de colecionar tudo do seu artista preferido.

E, como rascunho, o que há de melhor nas gravações foi aprimorado em seus álbuns oficiais e lapidado em suas experiências de palco. É só comparar a versão de Golden Slumbers daqui com a que Cássia gravou para  o DVD Submarino Verde E Amarelo. Além de Golden Slumbers, o gosto da cantora pelos Beatles também se manifesta em versões de For No One e Happiness Is A Warm Gun.

A bela versão de Sua Estupidez, de Roberto e Erasmo ao lado de Segredo, de Luiz Melodia e de Ne Me Quitte Pas, do cancioneiro francês poderia indicar um conjunto esquizofrênico, no entanto, são todas vergadas pela forte personalidade artística de Cássia e, assim, há coesão no conjunto de canções.

Há, ainda, a gravação de Flor Do Sol composição de Cássia. A cantora ainda gravaria suas raras composições nos dois primeiros discos, abandonando, em seguida, o costume.

O fato de as gravações serem apenas voz e violão somado à voz ainda "verde" da cantora, a qual, em algumas canções, padece de um vibrato estridente transmite um certo ar monótono ao álbum (o álbum O Lado Do Avesso, também em voz e violão, gravado bem depois, descontando os aspectos técnicos da gravação, escancara a evolução artística de Cássia), o que não quer dizer que não vale a pena ouvi-lo, principalmente se se for uma admirador do trabalho da artista, ainda mais nesses tempos onde uma tal de Maria Gadú é saudada como "a nova Cássia Eller". O álbum ajuda a por as coisas em seu devido lugar.

Cássia Eller: "retrato da artista quando jovem"

Nenhum comentário:

Postar um comentário